Cabeçalho

Menu Adicional

Publicidade

Destaque 02

Mostrando postagens com marcador Sobe. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sobe. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Sobe para 60 os casos confirmados do Coronavírus em Jequié

Coronavírus em Jequié
A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, informa que a curva de novos casos confirmados de Covid-19 continua crescente, mesmo após as medidas restritivas e de isolamento social para o enfrentamento da doença. Nesta quinta-feira (30/04), o Boletim Epidemiológico do Coronavírus das 19h apresenta mais 6 novos casos confirmados, perfazendo um total de 60 positivos do Covid-19, na cidade. Desses, um paciente, que estava hospitalizado, recebeu alta e encontra-se em isolamento domiciliar. Tivemos, também, mais 3 pacientes recuperados e que não apresentam mais os sintomas da doença, totalizando 15 pessoas. Estes são os dados atualizados desta quinta-feira: - 60 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes, 15 casos foram recuperados; - 310 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19); - 177 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19; - 41 casos aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado); - 32 casos aguardando coleta (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal, foram notificadas para Covid-19, e aguardam coleta); - 584 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de Covid-19/casos confirmados de Covid-19). (Vinny Publicidade com foto/arte - Ascom Jequié).

domingo, 19 de abril de 2020

Sobe para 19 os casos confirmados do Coronavírus em Jequié

Casos do Coronavírus em Jequié
A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde e demais secretarias, departamentos e órgãos municipais e estaduais, vem seguindo, criteriosamente, os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde (SESAB), no atendimento de saúde relativo às estratégias de enfrentamento do Covid-19, reafirmando a importância de todas as medidas preventivas que já vêm sendo executadas, no âmbito do município. Estes são os dados atualizados, até às 19h deste domingo (19/04), referentes ao Boletim Epidemiógolico do Coronavírus em Jequié: - 118 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19); - 19 caso confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes 02 casos foram recuperados; - 63 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19; - Nenhum caso aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado); - 36 casos aguardando coleta (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal, foram notificadas para Covid-19, e aguardam coleta); - 247 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19). A Secretaria Municipal de Saúde orienta as pessoas, sobretudo ao público jovem, que evitem aglomerações, mesmo entre amigos e conhecidos que, nos últimos dias, têm se reunido nas próprias residências para acompanhar a transmissão de shows via internet. Esse tipo de encontro também é um canal de disseminação do vírus entre a população, por conta da existência de casos assintomáticos da doença. A pessoa que tiver dúvida sobre a doença ou apresentar os sintomas do coronavírus, devem acionar o Disque Covid Jequié, através dos telefones (73) 98866 2779 ou (73) 98866 2164. (Vinny Publicidade com foto - divulgação - Ascom Jequié).

sábado, 21 de março de 2020

Sobe para 41 os casos confirmados do Coronavírus na Bahia

Coronavírus na Bahia
Sete novos casos de Covid-19 foram confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) nas últimas 24 horas. Os novos casos são de Salvador (5), Prado (1) e Porto Seguro (1). Destes, 41 foram confirmados, 535 foram descartados e nenhum óbito. Todos os pacientes encontram-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato. Do total de confirmações, 23 foram em Salvador; 6 em Feira de Santana; 5 em Porto Seguro; 3 em Lauro de Freitas; 2 em Prado; 1 em Itabuna; e 1 em Camaçari. Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital. Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de uma amostra que será encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito. Outras informações podem ser obtidas no link: www.saude.ba.gov.br/coronavirus. Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2 Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o LACEN-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados: 1. Pacientes com sinais de gravidade, SRAG ou internados; 2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;; 3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19; 4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19; 5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas Observação: Pacientes que não se enquadrem nas situações acima não tem indicação para coleta de amostras. (Foto/arte: Vinícius Silva/Vinny Publicidade).

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Petrobras sobe R$ 0,07 o litro da gasolina para as distribuidoras

Gasolina
A Petrobras anunciou, na noite desta segunda-feira, 29 de abril de 2019, um aumento médio de R$ 0,07 por litro de gasolina às distribuidoras. Os novos valores passarão a valer a partir da meia-noite desta terça-feira (30). O litro do diesel não sofrerá aumento. O preço final ao consumidor atende às leis de mercado e não depende da Petrobras, podendo ficar acima ou abaixo do aumento nas refinarias. Sobre o valor pago pelos motoristas nas bombas, incidem tributos estaduais e municipais, além do valor da mão de obra, custos de operação e margem de lucro de cada distribuidora e de cada posto de combustível. “Nossa política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”, explicou a estatal em nota. Segundo a companhia, a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo A: gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel sem adição de biodiesel. “Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis", explicou a Petrobras. (Foto: Vinícius Silva/Vinny Publicidade e informações da Agência Brasil).

sábado, 23 de março de 2019

Preço da gasolina sobe pela 4ª semana e acumula alta de 3,5% em um mês

Preço da gasolina sobe
O preço médio do litro da gasolina comercializada em postos de combustível de todo o país fechou esta semana a R$ 4,319. Essa foi a quarta alta semanal do produto, que acumula um aumento de preço de 3,5% em um mês, já que, na semana de 17 a 23 de fevereiro, o litro era vendido a R$ 4,172. Os dados são do levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O óleo diesel, comercializado em média a R$ 3,54 por litro, registrou nesta semana sua quinta alta consecutiva e acumulou, no período, aumento de preços de 2,8%. O litro do etanol, que foi comercializado em média a R$ 2,969, também subiu pela quinta vez consecutiva, acumulando alta de 8,2% no período de cinco semanas. Já o preço do GNV (gás natural veicular) aumentou pela terceira semana, fechando em média a R$ 3,169 o metro cúbico, uma alta de 1% no período. (Foto: Vinícius Silva/Vinny Publicidade).

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2020. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
Contato: 77 991100514.
imagem-logo