Cabeçalho

Menu Adicional

Publicidade

Destaque 02

Mostrando postagens com marcador Maternidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Maternidade. Mostrar todas as postagens

domingo, 16 de junho de 2019

Biometria já é usada para evitar trocas de bebês em maternidade

Biometria em bebês
A troca de bebês em maternidades já foi tema de novelas brasileiras e basta uma rápida pesquisa no Google para verificar que o problema é real e acumula relatos na imprensa. Por conta disso, o Ministério da Saúde, a pedido do Conselho Nacional de Justiça, editou, em fevereiro de 2018, uma portaria que torna obrigatório o registro biométrico de bebês em maternidades. Desde janeiro deste ano, o Hospital da Polícia Militar de Belo Horizonte adota o uso da tecnologia para identificação de recém-nascidos, sendo o primeiro do Brasil a adotar essa prática. A iniciativa funciona com a tecnologia da empresa brasileira Griaule, fundada em Campinas em 2002. Líder do segmento no país, a companhia de mais de 4 mil clientes. Ela é responsável por gerenciar dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), da Caixa Econômica Federal e de outros bancos. Ela também é fornecedora de tecnologia para o Estado do Arizona, nos Estados Unidos. Como as impressões digitais do bebê são pequenas, a Griaule registra o que chama de impressão palmar. Em vez de colocar os dedos individualmente no sensor para o registro, a mão toda do recém-nascido é escaneada. A precisão, segundo a empresa, é de quase 100%. A impressão palmar é coletada logo que o bebê nasce. Em seguida, esses dados são vinculados aos da mãe. João Weber, diretor da Griaule, afirma que o problema de troca de recém-nascidos em maternidade é grande no Brasil. “Muitas vezes a troca do bebê é descoberta apenas anos depois. É um problema frequente e não muito falado. Criamos a tecnologia para resolvê-lo”, disse Weber, em entrevista a Exame. “O interessante é o impacto dessa tecnologia. Há muitos casos de tráfico de crianças pelo Brasil e de trocas em maternidades. São problemas ainda sem solução preventiva. A identificação biométrica faz frente a isso.” O projeto da Griaule com o Hospital da Polícia Militar de Belo Horizonte também prevê o uso dos dados de biometria coletados para evitar fraudes de previdência na corporação. (Vinny Publicidade com foto - reprodução - Revista Exame).

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Região da Chapada Diamantina terá nova maternidade

Chapada terá nova maternidade
A população da Chapada Diamantina - BA terá reforço na atenção obstétrica com a requalificação do Hospital Frei Justo Venture, em Seabra, que passará a ser uma maternidade. A ordem de serviço para a reforma e ampliação da unidade foi assinada pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, nesta sexta-feira (26). Serão investidos cerca de R$ 4,5 milhões para a implantação da maternidade, que contará com 20 leitos de internação. As obras serão iniciadas imediatamente e devem ser finalizadas dentro de um ano. “Nós estamos fortalecendo a saúde dos baianos que moram na região da Chapada Diamantina. Estamos atuando em um conceito de rede, o que significa regiões 100% resolutivas. Temos a meta de fazer com que as regiões deixem de transferir pacientes”, afirmou Vilas-Boas. A maternidade terá também leitos PPP (Pré Parto, Parto e Pós-Parto), uma sala de parto cirúrgico, uma sala com dois leitos de observação pré-parto cirúrgico e uma sala de cuidados para o recém-nascido com dois leitos. Toda estrutura estará preparada para realizar atendimento humanizado e de qualidade. A nova unidade será referência de parto normal e cirúrgico para Abaíra, Boninal, Novo Horizonte, Souto Soares, Palmeiras e Seabra e de parto cirúrgico para os municípios de Ibitiara, Lençóis, Mucugê e Piatã. O atendimento na maternidade será 24 horas por dia, sete dias por semana, com acesso por demanda espontânea e referenciada, integrado aos demais pontos de atenção mediante processos regulatórios. Para o prefeito de Seabra, Fábio Miranda, este é um sonho da população que está sendo concretizado. “Ainda dependemos de outros municípios para atender as demandas de parto das gestantes de Seabra. Essa maternidade vai beneficiar toda a região. Além disso, esse serviço representa uma melhora na economia do município”, destacou o prefeito.

Alteração de perfil Até 2015, o Frei Justo Venture funcionava como um hospital geral, com gestão dupla, de natureza privada e sem fins lucrativos. Em 2016, foi interditado pela Vigilância Sanitária estadual em razão da estrutura física já desgastada, incapaz de atender às normas vigentes. A alteração do perfil assistencial para a implantação da Maternidade Frei Justo Venture atenderá à diretriz da saúde do Estado em ofertar ações no âmbito da atenção obstétrica, preferencialmente, em unidades exclusivas para tal fim. Desse modo, foi necessária a desapropriação do imóvel pelo poder público para o inicio das obras de requalificação do equipamento.

Hospital Regional da Chapada Em Seabra, Vilas-Boas também visitou o Hospital Regional da Chapada, unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que foi inaugurado em dezembro de 2017. Com 101 leitos, sendo 10 de Terapia Intensiva (UTI), o hospital é referência para 11 municípios da região, oferecendo atendimento de urgência e emergência 24 horas, centro de bioimagem e cirúrgico, além de ambulatório. (Vinny Publicidade com foto - divulgação - Ascom/Sesab).

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2020. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
Contato: 77 991100514.
imagem-logo