Cabeçalho

Menu Adicional

Publicidade

Destaque 02

Mostrando postagens com marcador Bolsa Família. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bolsa Família. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 16 de abril de 2020

Caixa começa a pagar nesta quinta Auxílio Emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Auxílio Emergencial
A Caixa inicia, nesta quinta-feira (16/04), o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial no valor de 600 reais para as pessoas inscritas no Bolsa Família. Neste primeiro lote de pagamento, estão contemplados os beneficiários do programa cujo último dígito do Número de Identificação Social (NIS) é igual a 1. A estimativa que o pagamento seja feito para 1.360.024 de pessoas. Na sexta-feira, 17, é a vez dos 1.359.786 beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 2 receberem a o auxílio emergencial. O calendário seguirá a ordem de pagamento do Bolsa Família. O pagamento do auxílio aos inscritos no Bolsa Família será feito automaticamente, ou seja, os beneficiários não precisaram se cadastrar no programa. Neste caso, só recebem o auxílio se ele for mais vantajoso do que o valor recebido pelo Bolsa Família. Veja o calendário de pagamento da primeira parcela: Data de pagamento Beneficiários do Bolsa Família 16 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 1 17 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 2 20 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 3 22 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 4 23 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 5 24 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 6 27 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 7 28 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 8 29 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 9 30 de abril de 2020 pagamento para final do número de identificação social 0

quarta-feira, 25 de março de 2020

Após cortes, governo destinará R$ 3 bilhões ao Bolsa Família

Bilhões ao Bolsa Família
Após sofrer críticas pelos cortes realizados no Bolsa Família, o governo prepara uma Medida Provisória que abrirá crédito extraordinário de 3 bilhões reais para o programa social. O objetivo é conceder o benefício a mais de 1 milhão de famílias que estão em condições vulneráveis para enfrentar a crise provocada pela pandemia. A medida do governo será enviada ao Congresso após o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, ter proibido ontem novos cortes no Bolsa Família. De acordo com a Veja, o magistrado atendeu ao pedido de sete governadores do Nordeste que contestaram a redução de 158 000 benefícios, sendo 61% na região. “Os dados sinalizam a tese jurídico veiculada e o dano de risco irreparável a ensejar desequilíbrio social e financeiro, especialmente considerada a pandemia que assola o país”, escreveu o ministro em decisão liminar. Os novos recursos para o Bolsa Família fazem parte de um crédito extraordinário no valor de 5 bilhões de reais que o governo destinará a cinco ministérios. Esse dinheiro deverá ser investido na aquisição de equipamentos para a unidades de terapia intensiva, no desenvolvimento de pesquisas da pandemia, na assistência aos brasileiros no exterior e no apoio das Forças Armadas em ações de combate à doença. De acordo com técnicos do ministério da Economia, a medida emergencial é necessária para conter a propagação dos casos de infecção pelo Covid-19 no Brasil. (Vinny Publicidade com foto - reprodução - Anderson Schneider/Veja).

sexta-feira, 20 de março de 2020

Bahia registra 1/4 dos cortes do Bolsa Família; medida do governo Bolsonaro atinge 36,3 mil

Cortes do Bolsa Família
Em meio à crise da pandemia do coronavírus, o governo federal promoveu cortes no Bolsa Família. O site do Bahia Notícias recebeu dados da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) nesta sexta-feira (20), 1/4 dos benefícios cortados foram na Bahia.
Só no estado, 36.333 mil famílias tiveram o benefício cortado. As cidades mais impactadas são Salvador (3.896), Camaçari (768), Juazeiro (600), Feira de Santana (555) e Alagoinhas (515). A nível regional, o Nordeste foi o mais afetado. Das 158.452 bolsas cortadas, 96.861 (ou 61,1%) foram retirados da região que responde por metade dos benefícios do país. (Vinny Publicidade com foto - divulgação).

sexta-feira, 13 de março de 2020

Sete estados nordestinos questionam no STF redução e não alocação de recursos do Programa Bolsa Família

Programa Bolsa Família
O Governo do Estado da Bahia e dos Estados do Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte moveram, junto ao Supremo Tribunal Federal, uma ação judicial, contra a União Federal, para sanar as inconstitucionalidades e ilegalidades decorrentes da redução e não alocação de recursos do Programa Bolsa Família. No último mês de janeiro, o Governo Federal destinou apenas 3% dos novos benefícios do Bolsa Família ao Nordeste, região que concentra 36,8% das famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Já as regiões Sul e Sudeste receberam 75% das novas concessões do programa. O somatório das novas concessões realizadas para todos os estados do nordeste é de apenas 3.035 famílias. Desse total, a Bahia foi contemplada com apenas 1.123 novas concessões e 59.484 famílias tiveram seus benefícios cancelados, de janeiro 2019 a janeiro 2020. Segundo o Procurador Geral do Estado da Bahia Paulo Moreno, "na ação cível originária, com pedido de tutela provisória, as Procuradorias Gerais dos Estados alegaram que o Programa Bolsa Família deve observar as balizas constitucionais de modo a contribuir também com a redução das desigualdades regionais e não criar distinções entre brasileiros', informou. (Vinny Publicidade com foto - divulgação).

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Bolsonaro assina MP que concede 13º pagamento do Bolsa Família

13º pagamento do Bolsa Família
O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15), no Palácio do Planalto, medida provisória que estabelece o décimo terceiro do Bolsa Família. A 13ª parcela será paga todos os anos para as famílias atendidas pelo programa no mesmo valor do benefício de dezembro, seguindo o calendário de pagamentos. Ao todo R$ 2.58 bilhões vão ser destinados para o pagamento deste ano. “Tivemos o prazer e a satisfação de assinar isso e mostrar para os mais humildes que nós pensamos neles e que é um governo que pensa em todos”, afirmou o presidente. “Nós defendemos a todos, todo mundo é brasileiro e sabemos que esse recurso não é meu, esse recurso vem de todos que pagam impostos no Brasil. Então, o décimo terceiro assinado agora, no meu entender, é uma grande conquista dessas pessoas que tanto necessitam e ficaram esquecidas por muito tempo”. Dayane Santos Ferreira recebe o valor fixo do Bolsa Família e um complemento de R$ 41 por mês por conta do filho que tem 4 anos e é autista. Ela mora no Novo Gama, município de Goiás que fica na região do Entorno do Distrito Federal. Dayane adiantou o que deve fazer com o dinheiro extra. “No caso do meu filho, que ele é especial, ele usa fralda, ele toma remédio, ajuda bastante, porque até então a gente nunca teve o décimo terceiro do Bolsa Família”. (Vinny Publicidade com foto - ilustrativa).

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2020. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
Contato: 77 991100514.
imagem-logo