Operação Mulher Maravilha cumpre seis mandados de prisão no Sudoeste da Bahia

Operação Mulher Maravilha cumpre seis mandados de prisão no Sudoeste da Bahia

Nem só de campanhas educativas se faz o Agosto Lilás. O mês de conscientização do público para o combate à violência contra a mulher também é de prisões pela Polícia Civil da Bahia. Nesta quinta-feira (26/08), a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Vitória da Conquista, no Sudoeste da Bahia, cumpriu dez mandados de busca e apreensão e seis de prisão.
A ação realizou uma verdadeira força-tarefa de cumprimento de mandados: parte dos homens é suspeita da prática de lesão corporal, mas havia também ex-companheiros com determinação de prisão preventiva em aberto por estupro e também casos de prisão definitiva, após condenação.
"Os mandados eram todos recentes e, dos oito que incluímos na operação, conseguimos cumprir seis, além dos dez de busca e apreensão. Estamos fazendo a movimentação do Agosto Lilás desde o início do mês: tivemos outdoor na região, comercial na TV, realizamos audiências públicas e lives", contou a delegada titular da Deam de Vitória da Conquista, Gabriela Garrido.
A campanha também foi objeto de uma moção de aplausos na Câmara do município. Em parceria com a Prefeitura, foram realizados ainda testes rápidos de HIV e DSTs, inscrição no Cadastro Único e encaminhamentos pela equipe do Centro de Referência da Mulher daquela cidade. "A visibilidade da campanha foi enorme. Isso ajudou a aumentar o número de registros de denúncias, o que é muito importante para o trabalho da Deam. Finalizamos com a operação para deixar claro à população que o agressor de mulheres não fica impune: agredir e descumprir medidas protetivas são ações que dão cadeia", afirmou a delegada. (Vinny Publicidade com foto - divulgação - SSP/BA).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem