Chapada: Incentivo à volta do turismo de natureza promete movimentar economia

Chapada: Incentivo à volta do turismo de natureza promete movimentar economia
Depois de um longo tempo convivendo com medidas restritivas por causa da pandemia do Coronavírus e, ao mesmo tempo, cientes de que viajar ainda requer cuidados pessoais e coletivos, as pessoas estão buscando no ecoturismo uma alternativa de respiro ao ar livre. É neste contexto que o turismo de natureza vem crescendo na Bahia, em especial na Chapada Diamantina. 
Segundo o jornal A Tarde, as prefeituras de municípios com potencial para este tipo de turismo aproveitam o momento de retomada do setor turístico na Bahia para fazer investimentos. Assim, passeios em trilhas e cachoeira, por exemplo, voltam a ser opções das mais procuradas por quem busca ar puro para manter a sanidade mental nestes tempos difíceis. 
De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a procura pelo turismo de natureza é observado desde o ano passado, com o início da pandemia, e se mantém em alta. Mas com características particulares: são viagens por curtos períodos e com deslocamentos via terrestre. Ainda conforme o Sebrae, as pessoas estão preferindo alugar casas (de campo, de praia e sítios), ao invés de se hospedarem em grandes hotéis. Principal porta de entrada da Chapada Diamantina, região rica em rios, cachoeiras, matas preservadas e história, Lençóis é um dos municípios baianos onde o turismo de natureza se intensifica. Com mais de quatro mil leitos distribuídos em cinco hotéis de alto padrão, além de pousadas, hostels, campings e casas de aluguel, a cidade herdeira dos tempos áureos do garimpo de diamantes anuncia que está aberta ao turismo e que as atrações turísticas, como Cachoeira do Mosquito e Parque da Muritiba, estão abertas, seguindo os protocolos sanitários. Conforme dados da prefeitura, o município oferece mais de 90 opções de bares, restaurantes, bistrôs e cafeterias, onde é possível apreciar a culinária regional e contemporânea. No turismo receptivo, Lençóis abriga mais de 40 agências, com mais de 60 guias capacitados e quase 400 condutores de visitantes. (Foto: Vinícius Sillva/Vinny Publicidade).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem