Anúncio Top


Jovem é executado e bandidos usam celular da vítima para enviar fotos do corpo à família

Jovem é executado e bandidos usam celular da vítima para enviar fotos do corpo à família

O homicídio consumado aconteceu na tarde da última terça-feira, 29 de junho. Informações dão conta que o adolescente de 17 anos foi assassinado a tiros, no interior da cidade de Medeiros Neto (BA). A reportagem do Liberdade News conversou com um membro da família, o qual relatou que o autor dos disparos teria usado um celular para fotografar o corpo da vítima.
Segundo o familiar, o criminoso enviou fotos para a família e grupos de Whatsapp. A vítima foi identificada como sendo, Pedro Hiatos Rocha da Silva, vulgo "Pedrinho". A fotografia do corpo do adolescente se espalhou rapidamente em redes sociais, mas a polícia não sabia onde estava o corpo da vítima.
Segundo o site Liberdade News, Policiais Militares da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) realizaram rondas, bem como investigadores do Serviço de Inteligência da Polícia Civil, na intenção de encontrar o “Pedrinho”. Na manhã de quarta-feira, 30 de junho, o corpo foi encontrado na estrada que liga Medeiros Neto ao distrito de Água Limpa, no Assentamento Merival Ferreira, em região conhecida como "Terreiro do Diabo".
No corpo da vítima, foram encontrados seis perfurações por projéteis de arma de fogo, calibre .40 (Ponto 40). O delegado titular, Júlio Teles, autorizou a remoção do corpo, para o Instituto Médico Legal para exames de Medicina Legal, e posteriormente, o corpo foi liberado.
A Polícia Civil instaurou um inquérito policial para apurar a autoria e motivação do homicídio consumado. (Vinny Publicidade com foto reprodução/Redes Sociais).

Deixe seu comentário

0 Comentários

Os comentários não representam a opinião do blog e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação.