Anúncio Top


Prefeitura de Irecê cria Auxílio Emergencial de 1.400,00 para artistas cadastrados em associação

Prefeitura de Irecê cria Auxílio Emergencial de 1.400,00 para artistas cadastrados em associação

O prefeito Elmo Vaz protocolou, na última quarta-feira (05/05), na Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei 10/2021 que dispõe sobre a criação do Auxílio Municipal Emergencial (AME), em favor da classe dos artistas musicais do munícipio de Irecê (BA). Na justificativa, o gestor reforça o argumento de que a categoria tem sido bastante prejudicada, sem oportunidade de trabalhar desde o início da pandemia. “A grande maioria dos artistas locais que vivem da música, tradicionalmente sempre tiveram o mês de junho para trabalhar, o que, infelizmente, não poderá ocorrer pelo segundo ano consecutivo, considerando o estágio da pandemia”, lamenta o gestor.
Segundo o site Irecê Repórter, o Projeto de Lei, o auxílio vai atender critérios de vulnerabilidade social e será pago em três parcelas de R$ 400,00, totalizando R$ 1.200 por pessoa. Entre as exigências, é preciso comprovar domicílio na cidade e ser membro da Associação de Bandas e Artistas Região de Irecê – ABARI. Sob a coordenação do secretário municipal de Governo, Alan Franca, esses requisitos foram amplamente discutidos com representantes da área cultural. 
Esperamos que a tramitação aconteça em regime de urgência para que o município possa começar o quanto antes a efetuar o pagamento”, afirmou Elmo Vaz. Parceira dos artistas, a Prefeitura já entregou cestas básicas e facilitou a inclusão de instrumentistas e compositores em programas de Assistência Social e Transferência de Renda, dentre outras ações efetivas para garantir a dignidade de quem tem como ofício disseminar alegria, amor e esperança. (Foto: Vinícius Silva/Vinny Publicidade).
Prefeitura de Irecê cria Auxílio Emergencial de 1.400,00 para artistas cadastrados em associação

Deixe seu comentário

0 Comentários

Os comentários não representam a opinião do blog e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação.