Anúncio Top


Clara, filha do cantor Canindé, morre vítima de covid-19 na Chapada Diamantina

Clara, filha do cantor Canindé, morre vítima de covid-19 na Chapada Diamantina
Na tarde deste domingo, 16 de maio de 2021, Clara Mascarenhas, 21 anos, veio a óbito, vítima de Covid-19, no Hospital Regional Vicentina Goulart de Jacobina, na Chapada Diamantina (BA). 
Filha do cantor Canindé e da empresária Luciana Mascarenhas, Clara estava entubada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde não resistiu as complicações de saúde.
A morte precoce da jovem Clara, que havia participado inclusive da gravação do DVD do seu pai, tocando violoncelo, causa comoção nas redes sociais.
Segundo informações do site Augusto Urgente, Luciana Mascarenhas, mãe de Clara também contraiu o Coronavírus, inclusive ficando internada no Hospital Regional, recebendo alta médica na última segunda-feira (10). 
A Escola de Música da UFBA, emitiu uma nota de pesar pelo falecimento de Clara: "É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de Clara Mascarenhas, mais uma vítima da Covid-19. Violoncelista, Clara era aluna do curso de Instrumento na classe da professora Suzana Kato. 
Dona de uma simpatia enorme e de uma personalidade acolhedora, Clara foi uma das alunas que emprestou o seu talento ao Grupo de Violoncelos da UFBA. 
Aos seus amigos, colegas e familiares - principalmente aos seus pais, Luciana e Canindé e aos irmãos, Lucas, David e Ualasse - e, especialmente, à professora Suzana, oferecemos todo o nosso apoio nesse momento tão triste, em nome de toda a comunidade UFBA". Completa a nota. (Vinny Publicidade com foto e vídeo - reprodução/redes sociais).

Deixe seu comentário

0 Comentários

Os comentários não representam a opinião do blog e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação.