Dom Armando anuncia remanejamento de padres na região

Dom Armando anuncia remanejamento de padres na região
Respirando a mentalidade proveniente do Concílio Vaticano II, as transferências de padres e remanejamento nos ofícios eclesiásticos, numa diocese, visam articular do melhor modo possível o serviço prestado e valorizar os dons pessoais, tendo em vista a evangelização, primeira tarefa vocacional da Igreja. Transformando isso em prática, observando o princípio pastoral “da pessoa certa no lugar certo”, Dom Armando tem realizado várias transferências na Diocese nos seus quase dezessete anos de pastoreio. Assim, com o olhar no futuro, algumas alterações por ele feitas no serviço ministerial foram anunciadas ontem (15/12), na reunião do clero, contando, inclusive, com as novas forças que estão chegando, tendo em vista as próximas ordenações. Assim:
1. No final de janeiro de 2021, os Estigmatinos, depois de 15 anos, passarão a Paróquia do Senhor Bom Jesus do Taquari ao clero diocesano, para lá sendo enviados os padres Marcelo Pires e Gilvânio Cardoso, como párocos in solidum; 2. Para Abaíra, sucedendo o padre Marcelo, irá o proximamente padre Pablo Dourado, que, agora diácono, estagia em Ibicoara e Iramaia; 3. Jussiape receberá, como sucessor do padre Gilvânio, o seminarista Élcio Bonfim, na qualidade de encarregado paroquial, até que ele seja ordenado presbítero e receba a nomeação devida; 4. O diácono Max Sabrino, mesmo depois de ordenado padre, logo em breve, continuará seu ministério em Ibicoara e Iramaia ao lado do padre Gilberto; Ao comunicar essas mudanças, Dom Armando manifestou-se agradecido, mais uma vez, aos padres estigmatinos pela presença na Diocese, desde sua instalação canônica, em 1967. Nas pessoas dos padres Graciomar e Adil, presentes à reunião, ele também agradeceu o inestimável serviço da mesma Congregação na Paróquia do Senhor Bom Jesus do Taquari. (Vinny Publicidade com foto - divulgação/Diocese).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem