Ultimas

6/recent/ticker-posts

Anuncio top

Anuncios

Policiais Civis e Penais aprovam paralisação das atividades por 48 horas

Policiais Civis
A Assembleia Unificada dos Policiais Civis e Policiais Penais Baianos, realizada na manhã de terça-feira (21/01), no auditório do Sinpojud, aprovou "estado de greve" das duas categorias, paralisação das atividades por 48 horas a partir da próxima segunda-feira (27) em protesto à PEC 159/2020; encaminhar ofício para o Governo exigindo que na PEC 159/20 seja garantido aos Policiais Penais e Civis Pensão Integral, Paridade e Integralidade; promoção imediata; Mobilização na segunda e terça (27 e 28/01) para ocupar a ALBA, inclusive, com viaturas; estabelecer diálogo com deputados em busca de assinaturas para emendas; informativo à população para demonstrar os males da PEC aos servidores e à sociedade, além de informar as prerrogativas das Policiais Civil, Penal e Militar. O presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sinspeb), Reivon Pimentel, destacou que o tripé da Segurança Pública da Bahia é composto pela Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Penal, esta última responsável em garantir a segurança das unidades prisionais e a custódia dos apenados do Sistema Prisional baiano. O sindicalista frisou que os Servidores Penitenciários e Policiais Penais serão extremamente afetados com a Reforma da Previdência Estadual, pois pretende retirar o direito à Integralidade, à Paridade e o valor Pensão por Morte e do Abono Permanência serão reduzidos. (Vinny Publicidade com foto - divulgação - PC/BA).