Cabeçalho

Destaque

terça-feira, 16 de abril de 2019

Café produzido em Ibicoara, conquista prêmios no 15º Concurso Nacional ABIC

Café produzido em Ibicoara
A manhã da última segunda-feira, 15 de abril de 2019, foi de premiações em evento organizado pela Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC). Foram apresentadas as empresas que arrecadaram em leilão os cafés do 15º Concurso Nacional ABIC de Qualidade do Café.
Café produzido em Ibicoara
O leilão teve um total de lances de R$ 39.419,00 em 33 sacas negociadas. O café da Bahia foi o grande campeão do concurso, com uma nota de 8,63, de acordo com a metodologia criada pela ABIC, em 2002. Joel Marques de Oliveira, da Fazenda Brejos do Aguiar, de Ibicoara, região da Chapada Diamantina - BA, esteve presente no evento e emocionado agradeceu a todos que o ajudaram nesta etapa e aos professores do SEBRAE que o auxiliaram ao longo do processo. Seu café é um catuaí e os jurados encontraram notas de frutas vermelhas, cereal e floral. “Tenho um carinho enorme por esse evento, também sou produtor e acho de extrema importância a aproximação da indústria e do produtor. Juntos podemos traçar o melhor do negócio e criar uma interação com toda a cadeia. O preço do café não está bom para negócios, temos um elo da cadeia sofrendo e, claro, afeta os outros”, afirmou Ricardo de Sousa Silveira, Presidente da ABIC.
15º Concurso Nacional ABIC
O leilão aconteceu entre os dias 15 e 25 de fevereiro e teve o lance mínimo equivalente a 70% acima da cotação BMF/Bovespa do dia 14 de fevereiro. Participaram torrefadoras, cafeterias e apreciadores do grão. O e-commerce Café Store foi uma das empresas que adquiriu um microlote no leilão. Os grãos são do produtor Horácio Antônio de Moura, Três Barras, de Simonésia (MG), que em breve estará disponível no site – https://www.cafestore.com.br/. Café Sabor das Matas, Café com História, Hachimitsu, Grão Café, Mazzi Café e Santo Grão também participaram. Em alguns dias os cafés campeões serão comercializados! O leilão consagrou algumas empresas campeãs com os maiores lances. Ocorreu um empate no leilão da categoria Campeão Especial, em que o maior lance dado por uma saca foi de duas empresas: Excelsior e 3corações, que pagaram R$ 4 mil pela saca do produtor Joel. Na categoria Ouro, o campeão foi o Café Excelsior, que pagou um valor de R$ 2.500 por saca do café da produtora Lúcia Maria da Silva Dias, de São Sebastião da Grama (SP), que teve nota final no concurso de 8,55. O Dengo Café venceu na categoria Diamante, com o maior investimento de R$ 17.700. Confira os cafés vencedores: 1° Joel Marques de Oliveira – Fazenda Brejos do Aguiar – Ibicoara (BA) – Microlote – 8,63 pontos, 2° Josias Gomes – Comunidade Fátima – Espera Feliz (MG) – Natural – 8,62 pontos, 3° Lucia Maria da Silva Dias – Fazenda Santa Alina – São Sebastião da Grama (SP) – Cereja Descascado – 8,55 pontos, 4° Samuel Costa Brito – Fazenda Shekinar – Barra do Choça (BA) – Cereja Descascado – 8,52 pontos, 5° Márcio Rosa Favora – Sítio Santa Amalha – Ivaiprã (PR) – Microlote – 8,51 pontos, 6° Horácio Antônio de Moura – Três Barras – Simonésia (MG) – Microlote – 8,50 pontos, 7° Analia Luz de Alcântara – Sítio Boa Vista – Ibicoara (BA) – Natural – 8,44 pontos, 8° Walace Ferreira Pedrosa – Fazenda Boa Vista – São Francisco da Glória (MG) – Cereja Descascado – 8,39 pontos, 9° José Eduardo Correa Ferraz – Chácara Campina Verde – Ribeirão Claro (PR) – Natural – 8,22 pontos. (Vinny Publicidade com fotos - divulgação e fonte - Revista Espresso (Por Natália Camoleze) via ABIC).

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2019. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo