Cabeçalho

Destaque

sexta-feira, 5 de abril de 2019

11 de abril é o Dia da Chapada Diamantina

Dia da Chapada Diamantina
Desde 2018, a data de 11 de abril passou a ser o Dia da Chapada Diamantina e faz parte do calendário oficial de eventos do Estado da Bahia. Em comemoração a este dia, a secretaria de turismo de Ibicoara decidiu promover um evento com apresentações de iniciativas, propostas e projetos que fortalecem a Chapada Diamantina enquanto um destino turístico que se compromete com seu patrimônio natural e cultural. “A Chapada Diamantina se transformou numa marca para quem vive ou conhece. A vocação ambiental é representada pela vasta formação geológica e biodiversidade que, aliada ao patrimônio arquitetônico, faz do turismo a principal atividade econômica que atrai pessoas de todas as partes do mundo. Seu nome se originou da enigmática e raríssima geologia e suas jazidas diamantíferas. Mas muitos mistérios, histórias, culturas, patrimônios materiais e imateriais ocorreram e ocorrem ao longo do tempo” diz Sirlene Rosa dos Santos, turismóloga, Chefe de Divisão de Turismo em Seabra e coordenador do Circuito do Diamante – Programa de Regionalização do MTur. O evento acontece quinta-feira, dia 11 de abril de 2019, no Centro de Atendimento de Turistas, em Ibicoara, a partir das 14h. Programação 14h: Abertura
14h15: ICMBio A equipe gestora do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) irá falar sobre a atividade turística no Parque Nacional e sobre o projeto Guia da Chapada 15h20: Cippa Lençóis A Companhia de Polícia de Proteção Ambiental de Lençóis irá trazer suas percepções e desafios a respeito de Educação Ambiental e segurança nos atrativos turísticos 15h40: INEMA O INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) irá apresentar ações do programa Bahia sem Fogo, além de dados sobre a gestão de recursos hídricos na região 16h00: Flora Comunicação A empresa responsável pelo Guia Chapada Diamantina, o maior veículo de informações e notícias turísticas da região, irá apresentar a campanha Eu Amo a Chapada Diamantina 16h30: Apresentações Culturais 18h00: Coquetel com música ao vivo A origem da data A escolha da data tem a sua origem em 11 de abril de 1966, quando Seabra-BA passou a ser o centro administrativo e político desta região. Sob esta justificativa, a JIVA – Junta Independente Voluntária Ambiental, que há anos atua em projetos socioambientais na região, deu início a um abaixo assinado, com a proposta da instituição da data, em Praça Pública, no município de Seabra, durante a Semana de Meio Ambiente, a qual foi aderida por mais cinco municípios: Lençóis, Palmeiras, Iraquara, Andaraí e Barra da Estiva. Em menos de 15 dias foi levada à ALBA – Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, onde o Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade e sancionado pelo Governador do Estado, Rui Costa. Desde então, foi instituído no calendário oficial de eventos do Estado da Bahia, o Dia da Chapada Diamantina, a ser comemorado anualmente em 11 de abril. Em breve, através da Fanpage da JIVA, será possível acompanhar textos e artigos sobre estudos que cercam a Chapada Diamantina atualmente nas áreas da geologia, arqueologia, cultura e história. Os conteúdos que estarão disponíveis são: – Sociedade Brasileira de Geologia na Chapada Diamantina; – Geoparques na Chapada Diamantina, com foco no Geoparque Serra do Sincorá, dirigido por Renato Azevedo; – Circuitos Arqueológicos da Chapada Diamantina, do professor Carlos Etchevarne; – Resgate da Estrada Real (Norte), entre Rio de Contas e Jacobina; – Formação histórico cultural da Chapada Diamantina, do historiador Delmar Araújo; – Guardões da Chapada Diamantina, de Blandina Viana em parceria com a UBFA; – Geologia da Chapada Diamantina, de Rodrigo Valle Cesar – Expedição dos Circuitos do Ouro e Diamante.

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2019. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo