Cabeçalho

Destaque

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Barra da Estiva: Vereadores da oposição cobram atualização do piso salarial do magistério

Vereadores cobram atualização do piso
O piso salarial do magistério foi reajustado para R$ 2.557,74, a partir de 1º de janeiro de 2019. O Ministério da Educação anunciou no último dia 9 de janeiro, o reajuste de 4,17%, conforme determinação do artigo 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008. O valor corresponde ao vencimento inicial dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de nível médio, modalidade normal, jornada de 40 horas semanais. Em Barra da Estiva/Ba, no ano de 2018, o reajuste de 6.8% estabelecido pelo Ministério da Educação não foi repassado aos profissionais, onde depois de muitas negociações e revolta por parte dos profissionais da educação, alunos e até pais de alunos, os profissionais fizeram várias paralisações e até uma greve foi deflagrada que durou vários dias. Preocupados com o nível da educação do nosso município, os vereadores da oposição de Barra da Estiva, Alessandro Santos Pereira (Bico), Fabrício Aguiar Viana, Gilson Dantas Pereira, Elzito Freitas (Zito de Noé) e Reinaldo da Silva Santos (Rena), protocolaram no último dia 16 de janeiro de 2019, na Secretaria Municipal da Administração da Prefeitura de Barra da Estiva, cobrando, um requerimento solicitando ao chefe do executivo municipal o envio imediato do Projeto de Lei que atualize o salário dos profissionais da educação do município, cumprindo assim o que determina a Lei Federal nº 11.738 e as Leis Municipais de nº 015/2009 e 001/2012. (Foto: Vinícius Silva/Vinny Publicidade e informações do MEC).

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2019. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo