Cabeçalho

Destaque

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Agricultores de Inhambupe e Brumado recebem certificados do Cadastro Ambiental Rural

Agricultores de Inhambupe e Brumado recebem certificados
No dia 20, na cidade de Inhambupe, localizada no Território de Identidade do Litoral Norte e Agreste Baiano, e no dia 21 de dezembro, em Brumado, na região do Sertão Produtivo, agricultores com propriedades de até quatro módulos fiscais recebem do Governo do Estado um total de 3.536 certificados de Cadastro Ambiental Rural (CAR/Cefir), por meio da parceria firmada entre a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Fundo da Amazônia.
Em Inhambupe serão entregues 1.396 certificados, com investimento de R$ 100.984 mil, e em Brumado serão 2.140 certificados, investimento de R$ 153.759 mil. A cerimônia contará com a presença do governador Rui Costa, secretários estaduais, representantes de sindicatos de Trabalhadores Rurais e agricultores familiares cadastrados para receberem os certificados. Na oportunidade, Rui Costa cumprirá agenda de ações em Inhambupe, com assinatura de convênios do Projeto Bahia Produtiva e entrega do Sistema Integrado de Abastecimento de Água na região. Em Brumado, faz entregas e assina ordem de serviço na área de segurança, infraestrutura, educação e desenvolvimento rural.
A realização do CAR/Cefir é obrigatório, mas o governo do estado estabeleceu uma parceria com o BNDES e o Fundo da Amazônia, e o cadastramento realizado no estado da Bahia é gratuito para o agricultor familiar. No âmbito estadual, o governo vem ampliando o CAR, por meio do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), incluindo mais informações para auxiliar a fiscalização e regularização. A complementação do cadastro ambiental realizado pelo Cefir é feito pela Sema e o Inema, em parceria com prefeituras e sindicatos.
O CAR é uma ferramenta pilar da política de regularização ambiental no Brasil, e foi instituído como registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, a fim de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais, com o objetivo de compor uma base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento. A partir de dezembro de 2017, a lei condicionará a inscrição no CAR para a concessão de crédito agrícola pelas instituições financeiras.

Postagens mais visitadas

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2019. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo