Destaque

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Operação 'Lâncome' localiza 18 criminosos integrantes de uma quadrilha no Sul da Bahia

Operaçã 'Lâncome
A operação 'Lâncome', deflagrada na madrugada desta quarta-feira (19), localizou 18 criminosos integrantes de uma quadrilha com atuação, no Sul da Bahia. Líder da facção, teve mandado de prisão cumprido, no Complexo Penitenciário de Mata Escura, em Salvador.
Investigados há sete meses pela 7 Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus), os criminosos atuavam, na venda de drogas, homicídios, roubos e corrupção de menores naquela cidade e em Itabuna. Alan Baton, mesmo transferido para unidade prisional, na capital, permaneceu dando ordens para facção.
Além dele, também em presídios, nas cidades de Ilhéus, Itabuna e Barreiras, foram capturados alguns elementos. Todos continuavam influenciando, nas decisões da quadrilha. "Através de ações de inteligência conseguimos desarticular uma ramificação desta organização criminosa. Continuamos com equipes nas ruas", explicou o coordenador da 7 Coorpin, delegado Evy Paternostro.
Fora do sistema prisional e também com mandados expedidos, acabaram presos (mesmo com apelido o traficante possuía ordem judicial).
Em um dos mandados de busca e apreensão, no bairro Conquista, um adolescente, suspeito de diversos homicídios, confrontou com as equipes, foi socorrido para o Hospital Regional Costa do Cacau, mas não resistiu. Com ele foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, porções de maconha e uma quantia em dinheiro. Ainda no mesmo bairro, outro traficante foi flagrado também com drogas.
Já no bairro Vilela, dois homens, um deles (alvo da investigação e do cumprimento de busca) e o outro, tentaram escapar do cerco, mas foram flagrados com drogas. 
Antes da deflagração da operação, as forças de segurança efetuaram prisões em flagrantes com apreensão de drogas, colete balístico, armas, dentre elas uma submetralhadora. "Com ações, morte de rivais foram evitadas", completou Paternostro, acrescentando a parceria com o Ministério Público e a 2a Vara Crime da Comarca de Ilhéus.
O comandante da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira, major Ricardo Silva, em nomes das outras unidades da Polícia Militar, por sua vez, destacou o trabalho conjunto. "Cumprimos a missão com êxito, devido o bom levantamento da rotina desta quadrilha. Intensificaremos o trabalho nestas áreas mapeadas", avisou.
Participaram da operação também equipes do Departamento de Polícia do Interior (Depin), das Rondas Especiais (Rondesp) Sul, da 6 Coorpin (Itabuna), das 68, 69 e 70 CIPMs (Ilhéus) e do Pelotão da Companhia Independente de Polícia Ambiental (CIPA). (Fotos: Reprodução - WhatsApp/Vinny Publicidade).
Operação Lâncome

Comente com o Facebook:

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...