Destaque

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Provedores regionais debateram o futuro da internet na Bahia

O futuro da internet na Bahia
Encontrar soluções que auxiliem na expansão do serviço de internet em toda a Bahia. Esse foi o principal foco do Encontro dos Provedores de Internet do Estado da Bahia, realizado na manhã de segunda-feira, 02 de abril, no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo. O evento promovido pela Associação de Provedores da Bahia (Probahia) e pelo Sindicato das Empresas de Internet do Estado da Bahia (Seinesba) reuniu representantes credenciados de todo o estado, envolvendo, segundo levantamento das entidades, cerca de 1.200 provedores regionais que atuam nos 417 municípios baianos, sendo 430 já outorgados pela Anatel.
Na pauta de discussão foram incluídos temas considerados cruciais para a categoria, a exemplo do compartilhamento de poste de energia elétrica, o direito de passagem das fibras óticas pelas rodovias, a redução da carga tributária sobre os serviços de telecomunicações e a criação de linhas de crédito específicas para o setor. Segundo o presidente da Probahia, Othon Santana, esses assuntos são prioritários e essenciais para o crescimento e avanço das redes de infraestrutura dos provedores regionais, que veem desempenhando um papel decisivo na inclusão digital, na inovação e no desenvolvimento da economia baiana, sobretudo nas cidades do interior.
O presidente do Seinesba, André Costa, apresentou os três principais entraves para expansão do setor, que são o financiamento, a redução da alíquota de ICMS, que hoje está na cota máxima, e o direito de passagem das fibras óticas pelas rodovias e postes de energia elétrica. “Esse é um evento para discutirmos o nosso futuro. O objetivo é sairmos daqui com um documento para ser entregue ao governo do estado, com tudo o que almejamos e com a assinatura de todos vocês”, destacou.
A importância estratégica do setor e a contribuição que os provedores de internet dão na agenda da inovação, da inclusão e do desenvolvimento do estado foram destacados pelo secretário da Secti, José Vivaldo Mendonça, representando o governador Rui Costa na ocasião. Ele defendeu o diálogo como forma de solucionar as reivindicações. “É prioridade o diálogo e o avanço dessas agendas, no sentido de garantir o fortalecimento do ecossistema e do serviço público que eles cumprem, não só no fornecimento da internet, mas na agenda de desenvolvimento do estado”.
Presente no evento, o coordenador de tecnologia da UPB, Filippe Andrade disse, “a UPB já está há um bom tempo trabalhando junto com os provedores pela melhoria e avanço do setor em nosso estado. Nós entendemos que, a partir do momento que ajudamos vocês que estão nos 417 municípios, gerando emprego e renda, estamos mudando a realidade dos nossos municípios”, finalizou.
Também presente no encontro, a senadora Lídice da Mata considera justa a demanda dos empresários do setor, lembrando a necessidade de levar internet a todo o estado. “Os provedores têm pleito justo e urgente, porque, com as suas reivindicações resolvidas, consegue-se impulsionar o desenvolvimento da Bahia e o acesso do povo baiano à internet. Isso é muito importante para o nosso desenvolvimento e, em particular, para estimular a juventude a se incorporar neste processo”, pondera.
Também estavam presentes no evento o tenente coronel da polícia militar, Marcos Oliveira, representando o secretário de segurança pública do estado, Mauricio Barbosa, o presidente da Fundação Palmares, Erivaldo Oliveira, o chefe de gabinete da Secti, Rodrigo Hita. (Foto: Divulgação - UPB).
VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...