Facebook

Destaque

sexta-feira, 4 de março de 2016

Beto Botho - A sensação do Arrocha Sertanejo - Conheça

A paixão pela música começou aos sete anos de idade, inspirado pelo pai que integrava um grupo de samba de roda. Beto adorava cantarolar quando seu pai fazia batucada na mesa ao chegar em casa. Certo dia pediu para a mãe um violão e para surpresa do garoto nascido em Ipirá, na Bahia, ela presenteou o irmão mais velho de Beto com o instrumento musical. “Minha mãe deu o violão ao meu irmão que nem sabia tocar nada”, brincou.
Beto sempre gostava de ouvir rádio. Suas músicas prediletas para ouvir  nas emissoras vinham de Roberto Carlos, The Fiver’s, Gilliard e Wando. “Sempre fui apaixonado pela música que trazia o romantismo como temática”, avaliou.
Convidado por Paraíba do Acordeom teve aos 13 anos de idade a sua primeira oportunidade de subir ao palco, num encontro consagrado da  música e um público grande que vibrou com a linda voz do cantor. Ali, o sonho do menino Beto Botho começava a virar realidade.
Pouco tempo depois Beto foi trabalhar como técnico de áudio numa emissora de rádio FM naquela cidade e logo depois fundou um grupo musical chamado Mensagem Musical e tocavam canções de Seresta. O grupo durou apenas um ano, mas persistente Beto resolveu formar uma dupla sertaneja que durou quatro anos. Beto Botho & Claudir Cigano e juntos gravaram um compact disc e fizeram vários shows. Com o fim da dupla, aos 19 anos ele foi morar no Rio de Janeiro, no bairro de Copacabana. Na capital fluminense Beto queria aperfeiçoar seu trabalho e foi conhecer os bastidores da música. Viveu no meio musical e se entrosou com músicos da Banda Roupa Nova, Perla e a dupla Gian e Giovane e é claro, cantou. “Fiz vários shows na Rocinha e quando o público sabia que eu vim da Bahia o carinho dobrava. Era impressionante”, revelou.
Do Rio, ele viajou direto para São Paulo. Lá buscou ganhar experiência em shows. Em Guarulhos encontrou uma praça completamente lotada. No show, Beto se apresentou interpretando músicas de Zezé di Camargo e de cara impressionou o público. Além do astro sertanejo, Beto adorava cantar músicas interpretadas por Zizi Possi.
De Guarulhos, seguiu para Ribeirão Preto e Osasco, onde fez muitas apresentações musicais e trouxe uma lição: “A Bahia você divulga seu trabalho percorrendo todos os cantos do estado em trinta dias; em São Paulo a dificuldade é grande”.
Retornou a Bahia e com uma roupagem diferenciada do Arrocha tradicional, criou o Arrocha Sertanejo,  estilo em que se apresenta levando multidões a loucura com suas interpretações pra lá de apaixonantes. Dono de uma voz inigualável, Beto percorre hoje, não só a Bahia, como também os demais estados nordestinos, além de parte da região Sudeste. 
Com o público, Beto tem uma preocupação especial: “Devo tudo a eles. Pego os contatos de emails de meus seguidores e encaminho as faixas musicais que eu gravo. O público tem que estar presente a todo o momento, não apenas na hora dos shows. Sinto-me mais próximo. É uma energia contagiante”, frisou.

Contato: BBR Produções 75 981310960 claro zap / 75 992548071 Tim75 999657733 vivo
Confira cd de Beto Botho: www.suamusica.com.br/BETOBOTHOCD2016

Comente com o Facebook:

Recomendações:

VINNY PUBLICIDADE © 2013 - 2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Vinícius Silva/Vinny Publicidade.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...